RESUMO

O objetivo geral deste estudo é fazer uma análise acerca da arte de governar  em Maquiavel. A metodologia utilizada foi a de revisão de literatura, onde buscou-se por meio de livros e artigos,  de diversos autores,  responder ao objetivo principal proposto neste estudo. Conclui-se que a arte de governar, em Maquiavel, justifica-se por si mesma e não necessita buscar fora de si uma moral que o faça, visto que seu objetivo é levar os indivíduos a viverem  na mesma comunidade,  de forma organizada e,  se possível,  em liberdade.  Ressalta-se que o príncipe descrito  por Maquiavel necessita ser virtuoso, posto que o filósofo não utiliza o conceito cristão de virtude, mas o conceito grego pré-socrático, no qual a virtude é vitalidade, força, planejamento, esperteza e a capacidade de se impor e profetizar, ajudando, assim, o seu povo e fazendo com que o Estado cresça e  se desenvolva. O  príncipe que possuir tal virtude será possuidor do seu destino, criando sua própria sorte.

Palavras-chave: Arte de governar. Maquiavel. Liberdade. Príncipe. Virtude. Política.

Monografia A arte de governar (1,4 MB)

Clique acima para fazer o download da Monografia em formato pdf.