RESUMO

O presente trabalho monográfico  teve como objetivo realizar um diagnóstico situacional da aprendizagem de filosofia de alunos surdos do Ensino Médio da Escola Estadual Maurício Murgel, localizada em Belo Horizonte. Tratou-se de um
estudo investigativo, onde se priorizou os alunos surdos  incluídos em turmas regulares,  em que a maioria dos discentes são ouvintes. Os sujeitos pesquisados foram dezesseis estudantes surdos, sendo seis do primeiro e dez do terceiro anos do  Ensino Médio, respectivamente. A  metodologia utilizada  baseou-se em entrevistas e observações das aulas de filosofia em classe. Constatou-se que os surdos pesquisados, em grande parte, sentem dificuldade no aprendizado dos conteúdos filosóficos  propostas nas  aulas.  Isso revelou certa rejeição  à  disciplina pelos mesmos, contudo, não há um descontentamento generalizado pelos mesmos, pois outros afirmaram gostar dos assuntos abordados em classe.  Destarte, de acordo com os dados obtidos, entende-se que há outros fatores para que haja um verdadeiro aprendizado de filosofia com relação aos alunos surdos; entre os quais, o compromisso  de uma escola e  do docente em ministrar aulas respeitando a diversidade dos alunos surdos presentes em sala é um elemento essencial nesse processo.

Palavras-chave: Alunos surdos. Libras. Ensino de Filosofia. Ensino Médio. Inclusão

Monografia Diagnóstico Situacional (1,4 MB)

Clique acima para fazer o download da Monografia em formato pdf.