Políticas

1. DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES: 

1.1. Introdução

As atividades relacionadas à localização e escolha do acervo bibliográfico, sua estrutura e categorização, sua manutenção física preventiva e de conteúdo com qualidade, bem como sua destinação na Biblioteca ou fora dela compõem as funções específicas do desenvolvimento de coleções.
Entende-se acervo / coleção bibliográfica como a reunião parcial ou total dos documentos, em qualquer formato, disponibilizados à comunidade.

1.2. Objetivos

Os objetivos para o estabelecimento da política de desenvolvimento de coleções são:

a) Viabilizar o crescimento racional e equilibrado do acervo da Biblioteca Edith Stein;

b) Identificar os materiais de informação adequados ao desenvolvimento da coleção;

c) Estabelecer critérios para a seleção;

d) Propor prioridades para a aquisição de material bibliográfico;

e) Estipular critérios para a duplicação de títulos;

f) Assegurar a manutenção de medidas preventivas de conservação do acervo;

g) Determinar princípios para descarte de material.

1.3. Acervo 

A coleção da biblioteca deve conter diferentes tipos de materiais de informação que atendam às atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas no Instituto Santo Tomás de Aquino.
A coleção da biblioteca possui documentos como: livros, periódicos, dissertações, teses, folhetos, vídeos, mapas, CD’s, DVD’s e outros, que podem ser divididos em categorias:

a) Referência: constituída de documentos como Dicionários e Enciclopédias gerais e especializadas. Estas obras não podem ser levadas para casa.

b) Didática: Composta de títulos indicados por professores como bibliografia obrigatória nos planos de ensino de cada disciplina, na razão de 1 livro para cada 10 alunos.

c) Pesquisa: Formada por obras que visam a atualização do acervo da biblioteca.

1.4. Reposição de material 

Trata-se das substituições de material de informação desaparecidos e/ou danificados na coleção da Biblioteca. A reposição deverá ser baseada nos seguintes critérios:

  • Demanda de uso;
  • Número de exemplares existentes;
  • Valor histórico ou científico do título;
  • Disponibilidade no mercado.

    1.5. Seleção

    Os usuários possuem livre escolha de suas leituras, podendo escolher de acordo com seus interesses e necessidades de informação, evitando assim, que a seleção sofra censura.

    1.6. Fontes 

    Para a seleção dos materiais a serem adquiridos são adotadas as seguintes fontes:

    a) Indicação de professores do ISTA;

    b) Planos de ensino das disciplinas;

    c) sugestões de usuários;

    d) catálogos de editoras especializadas (impressos ou on-line).

    1.7. Doações oferecidas à Biblioteca 

    Os materiais recebidos como doações, serão submetidos a uma avaliação prévia que seguirão alguns critérios como, por exemplo:

  • A adequação aos objetivos, atividades e nível educacional da comunidade acadêmica;
  • Estado de conservação física;
  • Atualidade no assunto;
  • Utilização e demanda;
  • Formato e idioma acessíveis.

A biblioteca pode dispor de doações recebidas para incorporá-las ao acervo, doá-las e/ou permutá-las com outras instituições, ou, ainda, descartá-las.

1.8. Preservação e conservação

Alguns cuidados são tomados em relação à área de armazenagem do acervo, como por exemplo evitar a incidência direta de raios solares na coleção . A higienização é mantida regularmente como medida de preservar a integridade física do material bibliográfico, além de mantê-lo em condições adequadas de manuseio e uso.
Quando necessário, são feitas pequenas intervenções na própria biblioteca para a recuperação física do material, e, dependendo da situação, são encaminhados para a encadernação em serviços terceirizados, cujos critérios são orçamentos prévios e qualidade do trabalho.

1.9. Desbastamento / Descarte

Processo pelo qual o material bibliográfico , após ser avaliado, é retirado da coleção ativa para a racionalização de espaço, ou para recuperação física do material, em geral encadernação. No caso de livros o registro é mantido para controles internos

2. SERVIÇOS PRESTADOS PELA BIBLIOTECA 

2.1 Empréstimos:

a) Domiciliar: até 5 livros, 2 fitas de vídeo / DVD’s e 2 materiais da hemeroteca para alunos; e até 10 livros para professores;

b) Especial: consulta local de periódicos, obras de referência, xerox de partes de livros;

c) Entre bibliotecas: por meio de requisição emitida pela biblioteca, o usuário poderá retirar, por empréstimo, materiais disponíveis nas Bibliotecas da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) e da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
2.2 Exposição de novas aquisições

Exposição dos periódicos atualizados e dos últimos títulos adquiridos pela biblioteca.

2.3 Visita orientada

Oferecida aos calouros e aos usuários interessados, com o objetivo de familiarizá-los com a organização e distribuição física do acervo, os instrumentos de pesquisa disponíveis, os serviços prestados e o funcionamento geral da biblioteca

2.4 COMUT 

Serviço de localização e fornecimento de cópias de artigos de revistas, teses e anais de congressos não disponíveis no acervo da biblioteca e localizados em outras bibliotecas nacionais que fazem parte do Programa de Comutação Bibliográfica.

3.DISPOSIÇÕES FINAIS

A Biblioteca é o órgão responsável pelo provimento de informações bibliográficas necessárias às atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão. Compete à biblioteca:

a) Adquirir, organizar, difundir, manter atualizado e em condições de uso, todo o material bibliográfico necessário aos programas de ensino, pesquisa e extensão do ISTA;

b) Propiciar aos usuários o acesso ao seu acervo e serviços e aos documentos não existentes no próprio acervo, através de serviços de intercâmbio;

c) Estudar, propor e avaliar a política de desenvolvimento de coleções;

d) Prever os recursos necessários para a formação e desenvolvimento de coleções;

e) Planejar e coordenar as atividades de aquisição, avaliação e descarte de coleções;

f) Selecionar material bibliográfico para aquisição e descarte;

g) Promover o intercâmbio de material bibliográfico;

h) Executar as rotinas de aquisição de material bibliográfico por compra, permuta ou doação;

i) Organizar e manter cadastros de editoras, livrarias e outras instituições para fins de aquisição;

j) Estudar, propor e avaliar a política de processamento técnico;

l) Manter o controle patrimonial do acervo;

m) Executar as atividades de tombamento, classificação, catalogação, indexação e o preparo para uso de todo material bibliográfico;

n) Manter o cadastro dos usuários;

o) Executar as rotinas de empréstimo domiciliar, especial e interbibliotecário;

p) Fazer a reposição nas estantes do material utilizado para consulta e empréstimo;

q) Identificar obras que necessitem de encadernação ou restauração e encaminhá-las ao local competente;

r) Atender às questões de referência;

s) Dar orientação e treinamento aos usuários quanto ao uso da biblioteca e das fontes de informação;

t) Manter exposição das obras mais recentes adquiridas pela biblioteca;

u) Manter estatística de empréstimos e consultas que possam fornecer subsídios a estudos de uso das coleções e orientem a política de seleção e aquisição;

v) Executar as rotinas da comutação bibliográfica;

Bibliotecária Responsável:
Iaramar Sampaio
CRB6/1684